Chapecoense pode ser punida por escalação irregular de Luiz Otávio contra o Lanús

(Foto: AP Photo/Agustin Marcarian)

 

A Chapecoense pode ser punida pela escalação de Luiz Otávio na partida contra o Lanús, fora de casa, pela Taça Libertadores. De acordo com as informações, a Conmebol informou minutos antes da partida que o atleta estava suspenso pela expulsão contra o Nacional do Uruguai, ocorrida na competição continental.

Por outro lado, o clube brasileiro alegou que não foi informado oficialmente da pena e escalou o zagueiro para o jogo. Luiz Otávio foi o responsável pelo gol da vitória alviverde por 2 a 1. A Chape tem até as 18 horas da próxima segunda-feira (22) para apresentar sua defesa.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) teria sido comunicada sobre a situação do jogador e encaminhou as informações à Federação Catarinense de Futebol (FCF), no dia 10 de maio, de acordo com informações do site Globo Esporte. O clube promete ir até a Fifa para provar que não cometeu nenhum erro.

Um caso parecido aconteceu na Recopa Sul-Americana com a Chapecoense este ano. A Conmebol informou que o clube não poderia contar com o próprio Luiz Otávio e Rossi no duelo contra o Atlético Nacional, em Medellín. A dupla não foi utilizada, mas Luiz Otávio deveria cumprir uma suspensão automática de três partidas, possivelmente incluindo a libertadores, além de uma multa de 3 mil dólares, estipulada pela entidade máxima do futebol sul-americano.

Sobre o autor

Colunista de esportes do site Brasil MS e blogueiro no Blog do Esporte

posts relacionados