Crise reduz preço dos aluguéis em até 30% na Capital

Vacância média de 25% nos pontos comerciais e queda de até 30% nos preços de aluguéis vêm ditando o mercado de locações de imóveis em Campo Grande, neste primeiro quadrimestre do ano.

Os índices são reflexo direto da mudança de comportamento do locatário: em busca de preços que caibam no bolso, vale migrar do centro e dos shoppings para bairros e avenidas com bom potencial de comércio e serviços.

Para o locador, a saída é aumentar a margem de negociação, o que vem abrindo espaço para a queda de valores nos contratos.

Entre as locações residenciais, a tendência também é de flexibilização nos preços dos novos contratos. Em outro caso citado pela presidente do Sindimóveis, Marta Recalde Lino, há proprietário com imóvel em locação anunciado pela imobiliária por R$ 1.500,00, optando por fechar contrato por R$ 1.000,00, valor 33,3% menor.

*Fonte; do jornal Correio do Estado.

Faça o seu Comentário ( facebook)